sábado, junho 25

No Fiscaliza Geral desta quarta-feira (22), o delegado e pré-candidato a Deputado Estadual Paulo Mavignier, debateu sobre o narcotráfico e sua pré-candidatura no pleito deste ano.

Paulo iniciou falando sobre um tormento que a população sofre muito que são os assaltos nos ônibus. “Esse é um problema recorrente que a população vem reclamando a vários anos, e é preciso que seja feita alguma medida para inibir esses tipos de assaltantes”, disse.

Na região de tríplice fronteira com o Amazonas, é muito arriscado, com presença de cartéis e o narcotráfico pesado. “Quando estive a frente do Denarc, combatendo o narcotráfico no estado do Amazonas, praticamente me especializei nisso. Ali é uma área muito difícil de acesso. Se é uma área de risco é recomendado não entrar”, informou.

Mavignier disse que como delegado para combater o narcotráfico nessa região, seria preciso envolver as forças armadas e o bloqueio da fronteira. “O maior problema hoje para conter o narcotráfico no Amazonas é a geografia. O nosso estado é gigante, combater o tráfico no Amazonas desperta curiosidade de todos os Denarcs do Brasil”, finalizou.

 

 

Share.